domingo, 21 de janeiro de 2018

2ª PARCIAL IVI 2018.JB FILHO E GABARDO "PAU A PAU"



Presidente:
Pedro Legado : 91,0%
Técnico
Justo Guerra 52%

Os Onze e seus (%)

O  mais votado
Resultado de imagem para capitao reche cornetadorw

Capitão Reche : 98,0 (ORFANOTRÓFIO))

Benfiquinha: 96,0 (IPIRANGA)

Dalpizol: 90,00 (ORFANOTRÓFIO)

Zini Tottenham Pires :90,0 (IPIRANGA)

Diogo Pipoca: 85,00 (IPIRANGA)

Hiltor Mombach : 84,0 (CENTRO)

Leonardo Papoula: 77,0 (IPIRANGA)

Leandro Manteiga Behs : 66,0 (IPIRANGA)

Diori Vasconcelos: 63,0 (IPIRANGA)

Rogerio Bohlke:62,0 (ORFANOTRÓFIO)

Última vaga: empate técnico :GABARDO e JB FILHO ( 53%)

Demais votados (por ordem)

Lacerda (51)

Mauricio Guinaçççu Saraiva (50)

Felipe Gamba

Andrezinho Silva

Paulo Pires

João Garcia

David Coimbra (azul fascinado pelo vermelho)

Gustavo Manhagno

Zé Alberto Andrade

Rodrigo Oliveira

O HUMANO

Ontem o juiz foi humano.Errou muito.A IVI vai dizer que os erros foram humanos.
Sonegou pênalti para o Grêmio.Permitiu repetições de faltas.Não expulsou um jogador do Caxias.Resumo: arbitragem humana!
Há pouco tempo um árbitro teve um erro humano contra o Inter.Foi pedir desculpas ao Presidente Conselheiro Isentto.Assim caminha o Texas.

DJALMA SANTOS E JOÃO SEVERIANO.47 ANOS DEPOIS


Resultado de imagem para djalma santos e atlético pr campeão

Djalma Santos ainda teve tempo de colocar uma faixa de campeão. Foi campeão paranaense pelo Atlético (PR) em 1970.;
Resultado de imagem para joão severiano

João Severiano foi um ícone do Grêmio.
No dia 21 de janeiro de 1971 Djalma Santos aos 42 anos largou o futebol.E neste mesmo dia João Severiano jogou sua última partida com a camiseta do Grêmio.
Esta foi uma partida histórica entre os 2 clubes.
Quem dirigiu o Grêmio foi Oto Glória.Técnico da grande seleção portuguesa de 1966,
Resultado de imagem para oto gloria treinador de portugal
 
Não lembrava deste jogo histórico.Esta é mais uma contribuição do historiador Daison Santana.
ATLÉTICO/PR  0 X 0  GRÊMIO  
Competição: Amistoso Interestadual - 1º jogo  
Data: quinta-feira, 21/janeiro/1971 
Horário: 21 horas  
Local: Estádio Durival Britto e Silva (Vila Capanema), Curitiba (PR)  
Árbitro: Valdemar Antônio de Oliveira 
Renda: Cr$ 23 220,00  
Público: 5 000
Atlético: Joãozinho (Rubens); Djalma Santos (Zé Carlos), Ary, Antoninho e Amauri; Sérgio Lopes e Valtinho; Valdir (Liminha), Sicupira (Serginho), Valmor (Lori) e Mazolinha; Técnico:  
Grêmio: Jair; Espinosa, Ari Ercílio, Beto e Everaldo; Jadir e Gaspar; Flecha, Caio (Paraguaio), Bebeto (João Alberto) e Loivo (Joãozinho - 2ºT); Técnico: Oto Glória 
**Revista Placar nº 46 - p. 31 - Obs.: 1) Djalma Santos despediu-se do futebol — como jogador — nesta partida, aos 42 anos de idade. 2) A partida foi encerrada aos 26 minutos do segundo tempo porque queimaram dois transformadores, apagando os refletores do estádio.  
**Diário do Paraná (Curitiba): Djalma Santos deu um "Show" no seu adeus 
     Djalma Santos jogou 45 minutos, ontem à noite, realizou uma excepcional exibição, culminando com uma bicicleta nos instantes finais do primeiro período, recebeu muitas homenagens, tirou as chuteiras e deu a volta olímpica. Foi uma bela festa no adeus do bicampeão Djalma Santos. A partida terminou aos 26 minutos do segundo tempo por deficiência no sistema de iluminação e acabou com o placar de 0x0 entre Atlético Paranaense e Grêmio Porto Alegrense.  
     **Foto: ADEUS DJALMA — Djalma Santos tirou a chuteira do pé esquerdo e depois a do pé direito. Foi o adeus do grande craque bicampeão do mundo que despediu-se ontem do futebol. 
**Diário do Paraná - 2º Caderno - p. 5: DJALMA DEU UM "SHOW" NA DESPEDIDA
     Uma bicicleta feita com perfeição na lateral direita, aos 43 minutos do primeiro tempo do jôgo entre o Atlético Paranaense e o Grêmio Porto Alegrense, foi o lance derradeiro do bicampeão mundial Djalma Santos, de 42 anos, que ontem à noite fêz sua última partida como jogador de futebol, arrancando os aplausos de uma torcida entusiasta que a cada momento gritava seu nome. Djalma jogou apenas o primeiro tempo, tocando na bola por dezenove vêzes, uma delas na cobrança de um lateral, quando a arremessou para a área adversária — quase um escanteio com a mão — num lance que caracterizou todo o ímpeto de sua carreira esportiva. 
     — Obrigado, muito obrigado! — dizia o fabuloso futebolista, emocionado, a cada homenagem que recebia no intervalo do jôgo, rosto molhado de suor e água, olhos vermelhos contendo o chôro. 
     Às 22h35min, êle arrancou as chuteiras, primeiro a esquerda, e empunhando-as no ar, deu a volta olímpica no estádio, sob o espoucar de foguetes, aplausos da torcida e ao som das valsa do adeus. Era o último jôgo de um dos deuses da bola que assombrou o mundo em duas Copas. 
     JÔGO 
     Atlético e Grêmio jogaram 71 minutos apenas porque estourou um transformador do estádio "Durival Britto" e empataram por 0x0. Foi um ótimo jôgo,  movimentado e que agradou ao público que deixou Cr$ 23.220,00 nas bilheterias. 
     **Foto 1: CAMPEÕES MUNDIAIS — Djalma Santos e Everaldo, dois campeões mundiais pelo Brasil, na festa de ontem. 
     **Foto 2: A ESPERA DO LORD — Djalma Santos espera Loivo arrancar para roubar-lhe a bola. Djalma fêz uma grande partida na sua despedida. 
**Coluna de CARNEIRO NETO: 
     Ontem foi um dia muito importante para todos nós que vivemos no futebol: Djalma Santos, o grande Djalma, abandonou as chuteiras e vestiu pela última vez a jaqueta do Atlético. Com 42 anos de idade, 22 dedicados ao futebol, Djalma despediu-se dos gramados dando os últimos chutes na bola que êle tão bem soube tratar em canchas de todo o mundo. Djalma Santos encheu os olhos das platéias que lotaram diversas vêzes o Maracanã, o Pacaembu, o Mineirão, Wembley, Rasunda, Azteca, Santiago Bernabéu, Nacional do Chile, San Siro e, finalmente, o modesto estádio "Orlando Mattos" em Paranaguá, onde o maior zagueiro direito de todos os tempos conquistou seu último título: campeão pelo Atlético.   
     Quem viu Djalma "acabando" com o ponteiro esquerdo da Suécia na decisão de 58, quem viu Djalma dando um "show" no extrema tcheco na finalísssima de 62 ou viu Djalma fazendo emabaixadas pela Portuguesa  e pelo Palmeiras durante 22 anos, não se conformava, ou melhor, não acreditava quando via o grande craque vestido com a camisa 2 do Atlético, correndo como se fôsse um principiante na Baixada. 
     Djalma formou com Bellini, Orlando e Nílton Santos a maior zaga do mundo e com Bellini, Charrão e Nilo, uma das melhores zagas que o Paraná já viu. Djalma ajudou o Atlético a realizar boa campanha no Robertão de 68, colaborou com o Atlético durante a grande crise financeira de 69 e vestiu com orgulho a faixa de campeão em 70. 
     Ontem, Djalma deu uma verdadeira aula de futebol. Pena que os dirigentes do Atlético não souberam promover o espetáculo, pois apenas cinco mil pessoas viram o último "show" do grande bicampeão. Êle entrou em campo disposto a fazer tudo com a bola. Seu primeiro lance: cortou uma investida de Loivo, recebendo aplausos, aos três minutos. Aos 40 minutos num último lampejo, atravessou o campo inteiro com a bola nos pés, dando um passe em profundidade que quase resultou em gol. Mas o derradeiro toque de bola do mestre foi uma bicicleta aos 43 minutos, na lateral direita, mostrando que aos 42 anos de idade, depois de cem partidas pela seleção brasileira, seu gás ainda não acabara, apesar de tudo. 
     Ernâni Matarazzo, diretor que representou o Palmeiras na despedida, de Djalma, declarou emocionado: "Você deu a maior alegria da minha vida: o campeonato paulista de 66". Rubens Passerino Moura, presidente do Atlético: "Há poucos homens como você". Cláudio Amantini, presidente do Noroeste de Bauru que entregou um belo troféu: "Vim de táxi aéreo até aqui para esta homenagem". Depois de um ótimo primeiro tempo, de muitas homenagens, Djalma entrou suado, olhos cheios d'água, no túnel e não voltou mais ao gramado.  
     Djalma Santos merece  o reconhecimento de todo o povo brasileiro por tudo o que fez pelo nosso país e deve ser respeitado como um dos melhores futebolistas que o mundo já conheceu. Djalma ajudou muito o futebol paranaense, tanto no aspecto técnico como na parte promocional. Humildemente, Djalma, muito obrigado por tudo o que você fez pelo nosso futebol. 
 

O aniversário da estréia de Hugo de Leon

Resultado de imagem para 37anos
Foi no dia 21 de janeiro de 1981.
De Leon ganhou a América e o mundo no Grêmio.
Mesmo assim Figueroa tem muito mais prestigio do que Hugo de Leon Isto é obra da IVI.
Estamos mostrando no blog que a geração "12 em 13" foi mais vencedora do que o Rolo Compressor.
Nossa luta vai continuar.Parece que foi ontem. Mas já se passaram 37 anos.

Dados estatísticos: Daison Santana
JOGO 3               

GRÊMIO  2 X 1  GALÍCIA (BA) 
Competição: Taça de Ouro (Campeonato Brasileiro) / Primeira Fase - Grupo B - Turno Único - 2ª rodada                 
Data: quarta-feira, 21/janeiro/1981 
Horário: 21 horas 
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre
Árbitro: Tito Rodrigues (PR)
Renda: Cr$  2 130 400,00 
Público: 21 271 pagantes  
Grêmio: Leão; Uchoa, Vantuir, De León e Dirceu; China, Plein e Renato Sá(Héber - 2ºT); Tarciso, Baltazar e Odair; Técnico: Ênio Andrade (Reestreia no Estádio Olímpico)  
**Estreias no Grêmio: De León, Uchoa e Héber. 
Galícia: Helinho; Toninho, Morais, Cléber e Flávio; Pirulito, Washington e Rangel; Guta, Vilfredo (Carlos Roberto) e Esquerdinha; Técnico: Danilo Alvim 
*Obs.: O Galícia havia sido Vice-Campeão Baiano de 1980. 
Gols: Vantuir 30min30seg e Esquerdinha 42 do 1ºT; Baltazar 37 do 2ºT  
 
**Revista Placar nº 559 - p. 73 - OPINIÃO: O Grêmio amassou o Galícia retrancado até marcar o 1º gol. Depois, os baianos equilibraram a partida. Vitória graças a Baltazar. (Emanuel Mattos)

sábado, 20 de janeiro de 2018

O fim da impressão do El Grafico

Resultado de imagem para seleçao holandesa el grafico
Vi esta revista pela primeira vez esta revista em 1978.Meu pai estava em Buenos aires e me trouxe de presente.
Li hoje que a revista impressa do El Gráfico sucumbiu.Perdeu para a velocidade digital.
Não adianta gritar.As mudanças acontecem com a  velocidade do trem-bala
Tudo muda no mundo atual.Menos o amor dos texanos pelo aipim e pelo volante mordedor que suja o calção de barro.
http://blogdojuca.uol.com.br/2018/01/o-fim-do-papel-de-el-grafico-quase-100-anos-depois/

Os comentários

Em caráter excepcional estamos publicando os comentários neste post.
https://cornetadorw.blogspot.com.br/2018/01/ccolaboradores-de-2018.html#comment-form

Procurando Suli

Recebi direto da praia do Cassino
Ricardo,
O Suli está no Cassino. O vi agora há pouco passeando com a esposa na avenida. Como estava de carro e isso aqui tá que é um formigueiro, não teve como fazer o retorno. Mas sabendo que ele está por aqui, não será difícil dar o recado.

Jorge
https://cornetadorw.blogspot.com.br/2018/01/procurando-suli.html

Da multiplicação de holandeses ao FGTS....

Resultado de imagem para fgts
Pedro Legado bateu seu recorde.
Vieram 6 mil holandeses para a Porto Alegre e o franco atirador dos números sacou da cartola 60 mil.
Mas nada superar o que está escrito abaixo.O "fininho voador" recebendo 600 mil por mês abre mão de 2 milhões para receber R$ 1,6 mil.....
 
"Ele aceitou receber 31 parcelas de RS 133 mil. O montante final será de R$ 4.123.000. Segundo um dirigente do clube, o volante aceitou reduzir o valor que tinha de ganhar por estar interessado em sacar cerca de R$ 1,6 mi do seu fundo de garantia." https://gauchazh.clicrbs.com.br/colunistas/pedro-ernesto-denardin/noticia/2018/01/o-motivo-que-fez-anderson-aceitar-reduzir-o-valor-a-ser-recebido-cjclxcrmi02r501phdkv2l18q.html


 

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

O programa falecido.E o tabuleiro da sucessão tricolor

O Sala de Babação morreu.
Sua morte foi anunciada quando Pedro Legado pegou o bastão do programa.
É zombar com o ouvinte.
Um programa que teve Candido Norberto e Ruy Ostermann como mediadores, não merecia morrer nos braços de Pedro Legado.
Oswaldo Rola (Foguinho),Cid Pinheiro Cabral,Paulo Santana,Lauro Quadros e o próprio Keny Braga não tiveram substitutos.
A diferença entre os citados e os atuais é gigantesca.
O Sala de Redação (atual Sala de Babação) perdeu todas características do programa. (humor,debate acirrado, conteúdo,ironia).
Virou um sala de babação.Repetição de conceitos da idade da pedra.Flautas grosseiras.Conteúdo paupérrimo.
O que mais ouvi nestes últimos 2 anos foi o seguinte: "não escuto mais".
Abusaram da ruindade. Estão pagando a conta.
O programa morreu. Vão apostar na sua ressurreição com as novas mudanças.
Não acredito que isto ocorra.Pedro Legado não tem bala na agulha para reverter este quadro.
Falta estofo.Falta grife.
Saudades do Professor Ruy.
                               Tabuleiro da sucessão tricolor
Este assunto não pertence ao cornetadorw.
Estou reproduzindo o post de Ilgo Wink.                            https://www.blogdoilgo.com.br/2018/01/19/a-volta-de-cacalo-e-as-mudancas-no-sala/
 

O LEÃO DA RESISTÊNCIA

 
Não tenho "1 milhão de amigos" como o Roberto Carlos.
Mas algumas centenas de amigos adquiri neste período da resistência contra a IVI.
Este é um deles.
Alexandre Leão.
Faz parte do ataque em bloco dos corneteiros para resistir ao "furacão IVI".
Grande parceiro na luta diária do blog.

JB FILHO.O GRACIOSO


Enviado por VS

Mais um confirmado.Raul Kneman

Através de Sérgio Bechelli foi confirmada a presença de Raul Kneman na homenagem que faremos para os jogadores da geração " 12 em 13".
Em breve confirmaremos a presença de Milton Martins Kuele.Aguardem
Conheça a trajetória de Raul. Clique AQUI

A resposta do leitor. (Nilson Sabino)

O blog tem entre 6.000 e 8.000 leitores por dia.
Durante muito tempo tivemos um sonho de fazer o corneta on line 24 horas.E tantos outros projetos.
Para isto precisariamos de 500 colaboradores.Ou 400.
Não conseguimos.
Nunca entendemos porque apenas 0,2 % dos leitores colaboram com o blog.
Esta é uma pergunta recorrente na redação do cornetadorw
Nos resignamos.
Resolvemos fazer a pergunta invertida no domingo.Por que estes 0,2% ainda colaboram?
Não conheço Nilson Sabino da Silva.Mas a sua resposta nos gratificou.
O blog não publica comentários.Mas como fizemos a pergunta resolvemo publicá-lo.Se os outros colaboradores quiserem opinar neste espaço podem fazê-lo.
Ah! E os que quiserem exercer o direito democrático da critica também publicaremos.
Obrigado Nilson Sabino ! (comentário abaixo)
https://cornetadorw.blogspot.com.br/2018/01/ccolaboradores-de-2018.html#comment-form

PARA QUEM NÃO LEU.A PRIMEIRA PARCIAL



                                AQUI

Preparem-se.A laranja vermelha está chegando.....

Resultado de imagem para laranja vermelha

Liguem para o Congo Palace.

Resultado de imagem para congo palace

Lá a IVI não entra.
Se os vermelhos conquistarem a tal Copinha,vão ser comparados a laranja mecânica holandesa.
Também poderão ser chamados do "carrosel vermelho"
Fujam do Texas.

                         IVI da Ipiranga