domingo, 14 de janeiro de 2018

Memórias de um grande 01 de agosto.E a pergunta invertida.


Aconteceu no dia 01 de agosto de 2016.
Estivemos na IVI do Centro. (Correio do Povo).Colocamos um anúncio na página esportiva.



 
Em quatro anos o blog teve 5 milhões de visualizações de página. (Janeiro de 2012 a 31 de julho de 2016)
Em menos de 24 meses (pós agosto de 2016), o blog vai atingir mais 5 milhões.Atingiremos 10 milhões em fevereiro ou março deste ano.
                                              14/01/2018.
 
A sigla IVI está consolidada.
Está na boca do povo e da imprensa imprensa esportiva.
                                       Resultado de imagem para ivi cornetadorw
                                    Resultado de imagem para tv do cornetadorw
 
Paradoxalmente a TV do Cornetadorw implodiu por falta de recursos.
O blog bateu recorde de crescimento.E não atingiu R$ 1.000,00 em 12 meses no Pag Seguro em 2017.
No topo do blog (à direita),consta um botão do pagseguro (doar).Bem menos de 50 leitores compareceram  nele em
 um universo entre 7.000 e 8.000 corneteiros.
Hoje não faço mais a pergunta porque 0,2% dos leitores contribuem com o blog.Precisaríamos de 5% dos leitores para viabilizar estruturalmente o blog.
A pergunta está parcialmente respondida.
Tenho vários amigos meus que me dizem a mesma coisa.E são vários! Pagam quase R$ 1.000,00 por ano em assinaturas de jornais isentos e me dizem: "Não contribuo com o blog.....porque na internet tudo é de graça".
Escuto isto rotineiramente.
Caraglio! Não consigo entrar no site aposte bem sem pagar.
E não consigo ler a coluna do Tostão sem meter a mão no bolso.
Rádio Web.
TV corneta.Charge.
Honorários para historiador.
Melhoria da página.
Tudo isto passa por aquisição de recursos.
Resumindo:financiamento coletivo.Isto é muito difícil.
Romper esta barreira no Texas é muito complicado.Agora a pergunta é invertida.Por que estes 0,2% de leitores insistem contribuir com este espaço.Estou curioso com a resposta.
Respostas para corneta.rw@bol.com.br
                                                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário