quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

O novo parâmetro do futetebol: A Grécia.

Resultado de imagem para grecia campeao da eurocopa de 2004
 
A redação do cornetadorw acendeu as luzes as 05:00 horas para se incomodar com os leitores gregos.
Mas não tem jeito.São os ossos do oficio da corneta.
A Grécia não é uma referência do futebol.
Está na galeria do Once Caldas que ganhou a Libertadores.Está em companhia do Santo André e Paulista de Jundiaí que ganharam a Copa do Brasil.Resumo da ópera.A Grécia está incluída naquelas exceções que se tornaram campeãs em torneios de mata-mata.Venceu a Eurocopa de 2004 na maior retranca vista na Europa.Foi a única grande zebra da história do maior torneio de seleções europeia.Ganhou na ideologia texana.Todos atrás e linha da bola e um grandão na área para fazer um golo de cabeça.Foi a única que vez que deu certo na Eurocopa.Mesmo assim provocou o maior orgasmo coletivo da história texana.
crédito na imagem
Resultado de imagem para gozei
Mas desde ontem a Grécia virou parâmetro mundial futebolístico.
Moledo está voltando para Inter.Saudado como "melhor jogador do campeonato grego".
Os tentáculos do polvo da IVI são envolventes.
Resultado de imagem para fardado da ivi
Recentemente o Grêmio trouxe um jogador do mercado turco.Os gritões do Texas pediram "um 9" e o Grêmio foi busca-lo.
Caramba.
A IVI fez um carnaval.
Uivavam:
" A Turquia não á parâmetro"
Agora a Grécia virou primeiro mundo no futebol.
São invencíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário