segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

O aniversário da estréia do centroavante que a IVI esqueceu

                           Resultado de imagem para gol de cesar contra o penharol 1983
                                       
Amanhã (06/02)é o aniversário de 35 anos da estréia de Cesar.O homem que fez o gol da vitória contra o Penharol na Libertadores de 83. 
A IVI raramente lembra dele.
Fizeram mais."Mataram" Cesar! Vamos contar esta história no futuro.Um integrante da IVI anunciou a morte deste jogador.Teve até minuto de silêncio.Só que Cesar estava e está vivo....
Mas a pauta é outra.É a estréia de um jogador que entrou para história do clube.
Daison Santana foi neste jogo com seus avós.Está contando a história deste jogo.
Observem na ficha técnica quem  dirigia o Campo grande do RJ.

                    Silmar-Leandro-Remi-China-Casemiro-De Leon
                         Tarciso - Osvaldo  Cesar- Tite-Tonho

Amigos do Blog Corneta do RW, eu tinha apenas 9 anos. Meus avós (Dona Zilá - Seu Alcione Notário) fizeram um esforço (mesmo com problemas particulares) e me levaram para ver a estreia de César (seria o autor do gol do título da Libertadores no mesmo ano) naquele 6 de fevereiro de 1983, um domingo de verão (20 horas). Deu tudo certo: Grêmio 4x0 e quase 6 meses depois, CAMPEÃO DA AMÉRICA. Um jogo inesquecível para uma criança gremista!!!!


**Jornal Zero Hora (quarta-feira, 26/jan./1983): "Centroavante César, do Benfica para o Grêmio" - Por Cr$ 70 milhões, o Grêmio está comprando o passe de César (26 anos), que já foi goleador do Benfica na temporada 80/81. 
**Contracapa do Jornal Zero Hora (sábado, 29/janeiro/1983) - Ontem no final da tarde, César chegou contente por voltar ao Brasil. César: "Para o Brasil eu viria até a nado"    
-------------------------------------------------------------------------------------------------------


**Manchete da Contrapacapa da Zero Hora Dominical (6/fevereiro/1983): Depois de Batista, Paulo Isidoro e Baltazar. "A ESTRÉIA DE CÉSAR, ENTRE OSVALDO E TITA" - A torcida gremista verá em campo esta noite, um novo trio de atacantes. Dois já jogaram no Olímpico. César é a única estréia. Eles formam um grupo do qual os torcedores esperam muito. Tita, César e Osvaldo substituem outros três grandes nomes que tiveram bons momentos no Grêmio, mas que já são do passado. 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------
          
GRÊMIO  4 X 0  CAMPO GRANDE (RJ)  


Competição: Taça de Ouro (Camp. Brasileiro) - 1ª Fase - Grupo B - 1º Turno
Data: domingo, 6/fevereiro/1983 
Horário: 20 horas
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre 
Árbitro: Hélio Cosso (MG)  
Público pagante: 12 466 


Grêmio: Remi; Silmar, Leandro, De León e Casemiro; China, Osvaldo e Tita; Tarciso (Lambari), César e Tonho; Técnico: Valdir Espinosa  


Campo Grande: Zé Carlos; Marinho, Orlando, Pirulito e Jacenir; Israel, Lulinha (Raimundinho) e Pingo; Tuchê (Carlos Antônio), Luisinho e Luís Paulo; Técnico: Vanderlei Luxemburgo 


*Obs.: O Campo Grande era o atual Campeão da Taça de Prata (1982) e havia ficado em 6º lugar no Campeonato Carioca (1982). 


Gols: Silmar (de falta) 41 do 1ºT; Lambari 18, Tita 29 e De León 45 do 2ºT  


**Capa do Jornal Zero Hora: Campo Grande não resiste aos guerreiros do Olímpico - "GRÊMIO GOLEIA E GARANTE LIDERANÇA"
     

O campeão da Taça de Prata do ano passado disse que não tinha medo do Grêmio, mas acabou goleado, ontem à noite no Estádio Olímpico, por 4 x 0. Silmar, Lambari, Tita e De León marcaram os gols do Grêmio. 
     

Está surgindo uma nova Máquina Tricolor. Ontem, ela apresentou seu centroavante: César  
     César — uma estréia que agradou a torcida - o Grêmio fez, ontem, seu segundo jogo em casa nesta Taça de Ouro. E venceu o Campo Grande por 4X0. 


**Jornal do Brasil (RJ): "Campo Grande leva goleada do Grêmio" 
     

O Campo Grande não conseguiu segurar o Grêmio ontem à noite, no Estádio Olímpico, e saiu do Rio Grande do Sul amargando sua primeira goleada na Taça de Ouro: 4 a 0. No primeiro tempo, a equipe carioca chutou apenas uma bola ao gol de Remi, aos 4 minutos. Depois, não conseguiu criar mais jogadas na frente. O Grêmio também não fez um bom primeiro tempo, mas conseguiu virar com 1 a 0, gol do lateral Silmar, cobrando falta, aos 41 minutos. 
     No segundo tempo, o Grêmio voltou mais decidido e o Campo Grande se abriu para buscar o empate. Isso foi fatal para o time do técnico Vanderlei, que já aos 18 minutos levou o segundo gol, através de jogada do centroavante estreante César, concluída pelo ponta Lambari. Mais tarde, aos 29 minutos, Tita aparou uma bola rebatida pela defesa, na entrada da área, e ampliou para 3 a 0. No fim do jogo, o zagueiro De León, em nova jogada de César, definiu a goleada. 
     O Campo Grande chegou pensando até em vencer o líder de sua chave. No final o técnico Vanderlei reconheceu que o time não jogou bem e mereceu perder. 


**Revista Placar nº 664 - p. 78 - OPINIÃO: O Grêmio teve problemas só no início do jogo, depois amassou o Campo Grande. (Eugênio Bortolon)
.....................................................

Nenhum comentário:

Postar um comentário